Portal Tiss

Troca de informações em saúde suplementar

A Troca de Informação em Saúde Suplementar (TISS) define o padrão para a troca de informação sobre o atendimento prestado aos beneficiários, entre operadoras de plano privado e prestadores. O objetivo é atingir a compatibilidade e interoperabilidade funcional e semântica entre os diversos sistemas independentes para fins de avaliação da assistência à saúde e seus resultados, orientando o planejamento do setor.

Coordenador TISS

Helio Henrique Kuronuma

Tel: (18) 3302-3011

E-mail: helio.henrique@unimed-assis.com.br

TISS

.

Tel: (18) 3302-3000

E-mail: informatica@unimed-assis.com.br

TISS para Médicos Cooperados e Rede Credenciada

Perguntas Frequentes

O XML precisa ser criptografado individualmente ou apenas o mecanismo de transporte (WebServices) precisa ser criptografado, deixando o conteúdo do XML original?

Usando webservices não há transmissão direta de XML, mas o transporte de objetos usando tradução transparente para XML. Existem padrões para a proteção de conteúdo de mensagens que transitam em função de webservices. Todo o trabalho de criptografia deve ser deixado para a infraestrutura de serviço e, portanto, fora da aplicação. Os mecanismos atuais de proteção do canal oferecem segurança adequada à necessidade da TISS. Não há necessidade de criptografia adicional.

O uso de webservices é obrigatório ou é possível adotar outras alternativas?

A arquitetura de webservices é apontada como preferencial. Se algum prestador não dispuser de tecnologia suficiente para esta metodologia, deve entrar em contato com a Unimed Assis por meio do Fale com o Coordenador TISS para análise de outro meio de comunicação.

Qual a quantidade máxima de guias que pode conter um determinado lote?

A quantidade de guias dentro de um lote está limitada a 100, sendo que todas elas devem ser do mesmo tipo. Algumas mensagens estão limitadas por questões técnicas levando em consideração o tempo necessário para processamento das mensagens no ato da recepção e capacidade de tráfego de rede.